domingo, 28 de abril de 2013

Lição 63 - Características da Língua Coreana III - Níveis de Linguagem


안녕하세요, pessoal!

Na lição de hoje veremos como funciona um dos aspectos mais importantes da língua coreana: os níveis de linguagem. Na língua portuguesa, costumamos dividir os níveis de linguagem em formal e informal. Ou seja, utilizamos palavras diferentes ou tons de fala diferenciados dependendo de com quem estamos falando. Isso quer dizer que a maneira como dialogamos com os nossos amigos, é diferente da maneira como nos dirigimos a um superior.


Senhor, desejaria alguma informação? - Linguagem Formal

E ai, mano? O que é que cê quer saber? - Linguagem Informal

Basicamente as duas frases acima significam a mesma coisa, porém, são utilizadas em contextos diferentes. Compreenderam?

Em coreano, os níveis de linguagem são muito mais complexos e são um reflexo da influência confuncionista na cultura do país; dessa maneira, demonstrando que as pessoas merecem um tratamento diferenciado baseado em sua posição social. Apesar de hoje em dia fazerem parte de uma sociedade modernizada onde os valores igualitários são protegidos por lei, os coreanos ainda dão grande importância às tradições do confucionismo que estão presentes não apenas na linguagem, mas também nas convenções sociais do dia a dia.

Os Níveis de Linguagem da Língua Coreana

Historicamente, a língua coreana apresenta sete níveis de linguagem. Porém, hoje em dia, apenas três são comumente utilizados na linguagem oral e há um quarto que é mais utilizado na escrita. Esses níveis são expressos pelas terminações que sufixamos ao verbos. Em nosso blog, a maioria dos exemplos são dados com a terminação -요,  que indica uma linguagem polida informal, ou seja, utilizada com pessoas de nossa faixa etária, mas que ainda não temos muita intimidade.

Vejamos agora os sete níveis de linguagem do coreano ordenados do mais formal para o mais informal. Os sete níveis se enquadram em três grupos diferentes: Alto, Médio e Baixo. Todos os exemplos serão dados com o verbo 하다 que significa "fazer".

Alto

1 - 하소서체 - Hasoseoche

O nível Hasoseoche é arcaíco e encontrado apenas em filmes, k-dramas, bíblia ou livros de época e era usado quando as pessoas se dirigiam aos seus superiores de alto nível hierárquico, como reis ou rainhas.

하나이다 - eu faço, ele faz, nos fazemos, eles fazem.
하시나이다 - tu fazes, vós fazeis

2 - 하십시오체 - Hasipsioche - Grau Polido Formal

Esse nível é um dos três mais usados na linguagem do dia a dia, e utilizamos quando estamos nos dirigindo a pessoas de um nível hierárquico superior, como o nosso chefe, clientes, professores e pessoas mais velhas desconhecidas. Também é utilizado durante reuniões, apresentações, palestras, aulas, entrevistas, programas jornalísticos formais e comumente entre homens adultos de uma mesma faixa etária e de um mesmo círculo social como colegas de trabalho e colegas da faculdade principalmente na presença de um superior. Geralmente, apenas mulheres com um alto cargo em uma empresa ou instituição utilizam o Hasipsioche.

Esse nível apresenta variações para frases afirmativas, interrogativas, imperativas e propositivas:

합니다 - eu faço, ele faz, nos fazemos, eles fazem (afirmativa)
합니까? -  eu faço?, ele faz?, nos fazemos?, eles fazem? (interrogativa)
하십니다 - tu fazes, vós fazeis (afirmativa)
하십니까? - tu fazes?, vós fazeis? (interrogativa)
하십시오! - faça! (imperativa)
하십시다! - vamos fazer! (propositiva)

Médio

3 - 하오체 - Haoche

Hoje em dia o nível Haoche é praticamente inexistente na linguagem diária, porém, ainda pode ser encontrado quando ouvimos diálogos entre pessoas mais velhas. Esse nível é utilizado quando uma pessoa está se dirigindo a outra de um mesmo nível hierárquico ou inferior. Durante o período de ditadura na Coreia, esse nível era utilizado pelos comandantes para dar ordens à população, dessa forma, acabou se tornando estigmatizado e as pessoas pararam de utilizar, uma vez que é associado a uma linguagem autoritária. 

하오 - eu faço, ele faz, nós fazemos, eles fazem
하시오 - tu fazes, vós fazeis

4 - 하게체 - Hageche

Esse nível é utilizado entre pessoas de um mesmo nível hierárquico, ou por uma pessoa de nível hierárquico superior a outra de nível inferior. Seu uso é um pouco mais comum do que o Haoche principalmente entre homens mais velhos quando estão falando com amigos mais novos, ou pelos chefes quando estão falando com seus funcionários e deseja demonstrar respeito por eles. Ele nunca deve ser utilizado ao se falar com crianças ou com pessoas da familia.

하네 - eu faço, vocês faz, ele faz, nós fazemos, vocês fazem, eles fazem
하시네 - tu fazes, vós fazeis (mais formal)

5 - 해라체 - Haerache - Linguagem Plana

Esse nível é bastante encontrado em livros, textos, jornais e em narrações quando a pessoa está contando uma história sobre ela mesma em primeira pessoa, ou seja, como se estivesse lendo um diário. Na linguagem falada é geralmente utilizada quando um adulto está conversando com uma criança de forma gentil.

한다 - eu faço, você faz, ele faz, nós fazemos, vocês fazem, eles fazem
하신다 - você faz, vocês fazem (mais formal)

6 - 해요체 - Haeyoche - Linguagem Polida Informal

Haeyoche é outro dos três níveis mais usados na língua coreana. É utilizado entre pessoas de um mesmo nível hierárquico, pessoas desconhecidas de uma mesma faixa etária, com colegas de trabalho ou na faculdade quando não se está na presença dos superiores e pelas mulheres em situações formais onde o uso do nível Hasipsioche pode denotar um tom mais masculinizado e autoritário ao discurso.

Hoje em dia, principalmente em Seul, os homens vêm cada vez mais intercalando frases no nível Haeyoche em situações onde as normais sociais exigem o Hasipsioche (extremamente formal) para darem uma amenizada ao tom do discurso.

A maioria das grámaticas e aulas da língua coreana para estrangeiros é escrita nesse nível e é ele que utilizamos aqui no blog. ;)

해요 - eu faço, você faz, ele faz, nós fazemos, vocês fazem, eles fazem
하세요 - tu fazes, vós fazeis (mais formal)

Baixo

7 - 해체 - Haeche - Linguagem Informal

Por fim, esse é outro dos tres níveis mais usados da língua coreana. Seu uso é informal, ou seja, feito apenas com amigos e familiares que temos muita intimidade. Esse nível também é utilizado entre crianças, estudantes até o ensino médio e colegas de faculdade quando eles se tornam próximos.

É  comum que pessoas que foram amigas durante a infância ou colegas de escola ao se reencontrarem anos depois, utilizem o nível Haeche tranquilamente, mesmo que não tenham mantido contato durante muito tempo. Pessoas de um nível hierárquico superior ou mais velhas, podem utilizar com pessoas de um nível hierárquico inferior ou mais novas o Haeche em situações informais, contanto que utilizem um tom de voz ameno e convidativo para que não se passe a ideia de que estão querendo expressar descaso e superioridade.

Utilizado com um tom de voz agressivo ou irônico para qualquer pessoa, o nível Haeche indica que você não a respeita, e é ainda mais grave caso você utilize com alguém mais velho ou de nível hierárquico superior.

Resumindo, esse nível é como uma faca de dois gumes; utilizado com um amigo, expressa seu conforto em tratá-lo de forma intimista; usado com uma pessoa desconhecida ou que você não tem muita intimidade, expressa seu desrespeito por tal pessoa. Então fiquem atentos! ;)

- eu faço, você faz, ele faz, a gente faz, vocês fazem, eles fazem

Futuramente veremos aqui no blog como formar o 하십시오체 que é bastante simples e já vimos em expressões do tipo: 감사합니다 e 고맙습니다. Já o nível 해체 é o mais simples de todos e acredito que vocês já sabem como formar, pois já vimos diversos exemplos. Mas apenas recapitulando, é só retirar a terminação -요 característica do nível 해요체 e pronto, já temos nossa frase na linguagem informal. ;)

E por hoje é só, pessoal. Até a próxima!

안녕!^^

4 comentários:

  1. Uaww.. essa aula é muito interessante, pois o nível de formalidade realmente é muito importante na cultura coreana... quando você erra com um professor mesmo aqui no brasil, eles realmente ficam "espantados".
    claro que eles pensam: "é brasileira(o)" mas essa desculpa não vai durar pra sempre. Uma lição pra prestar muita atenção!!!

    ResponderExcluir
  2. Opss, adoro esse assunto!

    Bom, eu tenho uns adicionais a fazer, posso? Ok.
    Não sei a quanto tempo as pessoas que acompanham o blog estudam a língua, mas é possível que elas ainda encontrem livros com o nome 합쇼체 para o 2º nível de linguagem, que é o antigo nome do nível mesmo. A mudança na nomenclatura se deu lá pelos anos 90 se não me falha a memória. Ele é bem indicado no caso de você ter dúvidas de como se dirigir à alguém (se não souber idade, ou certeza do nível de polidez a se usar). Eu evitaria o uso no caso de ser alguém a quem você se sente próximo ou deseja se aproximar (nesse caso use as terminações de -요) porque esse nível sempre pressupõe que há uma abismo entre você e a pessoa com quem fala, significando que a relação de vocês é restrita, por isso mesmo, quando pais e filhos se tratam dessa forma e usam um tom de voz sem flexão, normalmente indica que eles tem algum problema).

    No caso de haoche e hageche, eles são terríveis de usar, eu entro em pânico quando ouço um deles (que normalmente indica que alguém está muito, muito irado). Apesar da impressão autoritária que vem no haoche, ele ainda é mais indicado do que o hageche, pois mesmo sendo menos formal, ainda existe uma subentendido demonstração de respeito, coisa que já quase não se tem no hageche, que normalmente dá um ar de superioridade à pessoa que usa, principalmente usando o tom de voz forte ou muito meigo - ai parece que você está esnobando a pessoa ou fazendo pouco dela. É por isso que não se usa hageche com a família ou com crianças (as pessoas ficam ofendidíssimas).

    Ah, reafirmo o que você disse sobre 반말 (해체): nunca, de forma alguma, sob nenhuma hipótese use banmal com desconhecidos, principalmente pessoas que você acaba de conhecer. Respeito e intimidade são os dois moldes principais do uso de linguagem na Coréia, é sempre bom pesar o que vale mais a pena na sua relação com a pessoa, se o respeito ou a proximidade, pois se você usar um nível formal (do 1 ao 4) com alguém que está esperando de você uma linguagem mais informal, é como dizer "sai pra lá, não te dou essas intimidades" e se você for informal com alguém que espera formalidade (5 e 6) é o mesmo que dar um tapa na cara dela - não, não fui dramática.

    No final das contas é esse cuidado que reflete a polidez de uma pessoa, pois se você se preocupar sempre em considerar o sentimento das pessoas envolvidas na conversa, a polidez geralmente é refletida na sua linguagem. O ideal é sempre começar tudo com "hapsyeoche" e gradualmente, principalmente se a outra pessoa sugerir, mudar para "haeyoche" e conquistar a confiança e respeito para usar haeche. Tem até mesmo uma expressão que tem o mesmo tom de indignação da expressão "vem cá, eu te conheço?" e reflete bem a ideia de primeiro prezar o respeito.

    Espero ter ajudado a deixar mais claro, caso alguém tenha ficado confuso.

    Até Elias!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pow agr nao sei mais qual usar tenho medo de falar qualquer um deles

      Excluir
  3. Eu gosto de ver dramas épicos, gosto da linguagem que eles usam, não vejo a hora de aprender.

    ResponderExcluir